22 de out de 2011

CAMPINA GRANDE - RAINHA DA BORBOREMA- PARAÍBA




Campina Grande está localizada no centro do estado da Paraíba – Brasil.............conhecida também como a Rainha da Borborema – está localizada na Serra da Borborema_ é uma cidade-pólo......com  cerca de 400 mil habitantes – censo 2010..........é a maior cidade do interior do Nordeste destaca-se economicamente no setor da prestação de serviços...... comércio ........e é uma forte referência na produção de tecnologia.

Fabrica softwares......para várias partes do mundo............reconhecida como a cidade tecnológica........possui cinco universidades, com cursos, sobretudo, na área de Ciência e  Tecnologia......com diferentes cursos de mestrado e doutorado reconhecidos no Brasil e no mundo.

Cidade limpa e muito arborizada......com diversas avenidas que cortam a cidade em todos os sentidos.......possui inúmeros pontos turísticos que vale a pena serem visitados.

PONTOS TURÍSTICOS


 Açude Novo
O Açude Novo- Parque Evaldo Cruz – de formato circular, fica no Centro da cidade.......parque com muitos bancos e árvores e pequenos restaurantes que ficam em volta de uma fonte.



Açude Velho
O Açude Velho - centro da cidade de Campina Grande.......foi uma fonte de abastecimento de água para Campina e região...........hoje, é um cartão postal e patrimônio histórico.



 Biblioteca Municipal Félix Araújo
Possui mais de dois mil livros em seu acervo, além de uma estação digital.



 Casa da Cultura e Memorial Severino Cabral
Conhecida como a Casa de Severino Cabral - ex prefeito-....... sede da Secretaria Municipal de Cultura de Campina Grande.......há um acervo de fotografias da década de 60, mostrando solenidades com a participação de Severino Cabral e muitos móveis daquela época, como cadeiras e mesas e até um piano.



 Centro Cultural Lourdes Ramalho
O local funciona como espaço para diversos cursos destinados a crianças, jovens, adultos e idosos.



Estação de Trem de Galante
A estação de Galante está desativada desde 1997........durante o mês de junho, ocorre o famoso passeio junino “trem do forró” - trens de passageiros saem da velha estação de Campina Grande até a estação de Galante - distrito do mesmo nome- ..........a viagem é animada por “forrozeiros”......atrai grande número de turistas.



 Parque da Criança
É o maior parque da cidade.............6.700 m² com pista de um quilômetro pra caminhada........rampa de skate.........parque com escorregos, balanços e outras estruturas para crianças........além de áreas gramadas, campos de futebol de areia, vôlei, quadras, pistas de bicicross, sorveterias, lanchonetes e quiosques cobertos para relaxamento.



Praça da Bandeira
A Praça da Bandeira é a praça mais tradicional de Campina Grande........conhecida também como “Praça dos Pombos”............devido a enorme quantidade destes animais que existe no local...........situar-se no coração da cidade.



Sede da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba
A Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEP foi constituída em 1949.



Esculturas de Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga
Batizado como “Farra de Bodega”, o conjunto de escultura inclui uma mesa em forma de pandeiro e um banquinho, onde os turistas podem sentar e tirar fotografias.



Museu de Artes Assis Chateaubriand
Criado em 1967 o Museu de Artes “Assis Chateaubriand” o acervo é composto atualmente de 474 obras de arte------várias técnicas e procedimentos de arte........ desenhos, pinturas, esculturas, gravuras, colagens e outros métodos..... possui ainda atividades com Exposições, cursos, oficinas e pesquisa.



 Museu do Algodão
Instalado na antiga estação ferroviária, retrata a história da matéria-prima que impulsionou o desenvolvimento da região no início do séc. 20.



Museu Histórico
Ocupa um escondido prédio de 1814, no Centro, onde já funcionou a cadeia da cidade.......expõe painéis, mapas que registram o desenvolvimento da região.......dedica-se ao desenvolvimento histórico, social e cultural de Campina Grande. Possui Fotografias, artigos, mapas, móveis, armas, veículos, joias, bonecos e ferramentas organizados de forma a contar a história da cidade.



 Museu Luiz Gonzaga
Como forma de homenagear e reverenciar um dos maiores ícones da música nordestina foi implantado em Campina Grande o Museu Luiz Gonzaga, onde é guardado parte do acervo do “Rei do Baião”, quem mais soube expressar o sentimento da alma nordestina.



Teatro Municipal Severino Cabral
Teatro Municipal Severino Cabral foi fundado em 1962.........de grandes dimensões para a época, foi um dos grandes impulsionadores da cultura campinense.



 Teatro Rosil Cavalcanti
O Teatro está localizado no Centro Cultural, sendo construído na gestão do então prefeito Enivaldo Ribeiro, homenageando o pernambucano e teatrólogo Rosil Cavalcante que escolheu Campina Grande para viver e fazer carreira. O local é palco de diversos eventos e palestras de estímulo a cultura, muitas vezes em parceria com o próprio Teatro Severino Cabral.



Vila do Artesão
Muitos produtos bem interessantes....... velas, sabonetes, produtos de porcelana, gesso, couro, bijuterias, sandálias, bolsas, pedras, minerais, artigos.





11 de out de 2011

GARANHUNS – A SUÍÇA NORDESTINA



Garanhuns é um município brasileiro do estado de Pernambuco..........localizando-se numa região montanhosa..........cidade também conhecida como ..........Suíça Nordestina, por causa de seu clima ameno no verão e temperaturas baixas no inverno, atípico para a região.............Cidade das Flores ou Cidade da Garoa. Sua população é de 129.392 habitantes........IBGE/2011.


PONTOS TURÍSTICOS

Alto Columinho........ santuário dedicado à São Cristóvão, com duas paredes perpendiculares de tijolos vazados, fica sobre uma das sete colinas de Garanhuns...........do alto, visualiza-se a beleza da paisagem da cidade e o Alto do Magano.

Bica do Timbó....... bica formada pelas águas de uma nascente conhecida como "Grota do Timbó" fica a 30,7 km da sede da cidade.......tem cerca de 1,5 metros de altura.

Casa de farinha do Castainho .......localizada na comunidade de remanescentes de quilombolas........ pode-se conhecer os objetos utilizados para o fabrico de farinha de maneira artesanal.........uma caixa de madeira, chamada de "cevador"........a prensa.......o rodeto e o forno em formato circular de alvenaria e o rodo.........usado para mexer a farinha.

Castelo de João Capão.........construído por João Capão............. trabalhador que ambicionava morar num castelo medieval, o castelo de João Capão fica à margem da BR-423.


Cachoeira de Inhumas......distante 300 metros da barragem, a cachoeira tem três quedas.........a  primeira tem cerca de três metros.........a segunda tem 1,5 metros e a terceira tem aproximadamente 15 metros........onde há piscinas naturais.

Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti........construção do século 19.......... arquitetura inglesa com  características semelhantes às edificações da rede ferroviária.

Cristo do Magano.......o Cristo Magano está localizado a 1.030 metros de altitude, sobre um mirante em forma de fortaleza de pedra..........é o Cristo mais alto do Brasil em relação ao nível do mar. .

Espaço Cultural Luis Jardim.......espaço em homenagem ao poeta, escritor, jornalista e pintor.........retrata a história de Garanhuns em painéis de rara beleza.

Fonte Luminosa.........localizada na praça Souto Filho possui canteiros floridos e arborização acolhedora.

Igreja do Timbó........ é a mais antiga de Garanhuns..........sua construção está associada a uma imagem de Nossa Senhora de Nazaré, que teria sido trazida da Bahia por um negro escravo fugido do cativeiro, entre 1650 e 1700.

Igreja Matriz de Santo Antônio..........A igreja terminou de ser construída em 1859, mas foi reconstruída em 1872.


Mosteiro de São Bento.........construção de 1940...........foi feita em tijolo aparente e lembra os mosteiros beneditinos.........tem claustro, cripta e uma capela moderna..........funciona como escola de formação de monges e fabrica hóstias.........há também uma loja onde os beneditinos vendem sírios, ícones, pinturas e licores artesanais de jenipapo, chocolate e ameixas. 


Povoado do Castainho...........comunidade negra remanescente do Quilombo dos Palmares......
as famílias moram em casas de taipa ou alvenaria.......preservam as tradições culturais, costumes e a experiência de trabalho coletivo......para resgatar a tradição cultural mantêm a dança "samba de coco" e a festa "Mãe Preta".......no "Festival de Inverno" o povoado é sede de oficinas culturais.

Praça Dom Moura.......... grande e arborizada.........canteiros floridos.........tem no centro um carramanchão, com colunas de cimento semelhante a um palco romano.


Relógio de Flores........construído em 1979 na praça Tavares Correia.......único no Norte e Nordeste..........em quatro metros de diâmetro e funciona a cristal de quartzo.........os números são feitos com plantas e flores.


Alem dos lugares especiais..........Garanhuns ainda tem festival de JAZZ no período de carnaval e o Festival de Inverno com shows de diversos estilos de músicas....espalhados por toda a cidade.
Vale a pena conferir.


7 de out de 2011

PEIXE-BOI NO LITORAL DE ALAGOAS


O Brasil tem o privilégio de possuir em suas águas duas das quatro espécies de peixe-boi...............o peixe-boi marinho e o peixe-boi amazônico.

O peixe-boi marinho pode ser encontrado no Nordeste e Norte do país........no passado, podiam ser encontrados em toda a costa..........hoje, eles aparecem apenas no Amapá, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.


 A Costa dos Corais......... a maior unidade de conservação marinha do Brasil.........começa em Alagoas, vai até Pernambuco e abrange 11 municípios. O objetivo dessa unidade de conservação é proteger essa região de recife costeira e proteger o manguezal também, visando o peixe-boi marinho.


Alagoas possui um litoral bastante preservado...........com diversos estuários e extensos recifes de coral e grandes bancos de capim-agulha, um dos principais alimentos do peixe-boi.......... condições básicas para a bem sucedida manutenção dos grupos na região.


 Assim, tem sido possível preservar uma grande faixa de recifes de coral, zona constantemente freqüentada pelos peixes-bois, valorizar a pesca artesanal e incentivar o ecoturismo na região.


Com as condições favoráveis de habitat e proteção, o litoral de Alagoas........o município de Paripueira.......foi escolhido para realizar a primeira reintrodução de peixes-bois marinhos no Brasil.


No povoado de Tatuamunha, pertencente ao município de Porto de Pedras, encontra-se um núcleo de proteção e reintrodução do peixe-boi ao seu ambiente natural........no rio Tatuamunha estão soltos, marcados por rádios transmissores, cinco peixes-boi: Aiara, Arani, Poti, Luna e o mais velho deles, com 12 anos, o Aldo.

A Associação dos Ribeirinhos Amigos do Meio Ambiente, desenvolve um projeto de preservação, conscientização e geração de emprego para a comunidade local.......um  dos seus pontos fortes é a visita ao santuário do peixe-boi.

O pessoal da associação leva o turista por uma trilha ecológica no meio do mangue........... passando por lindas paisagens e pontes rústicas de madeira, até o porto improvisado, onde seguem de barco (sem motor) pelo rio Tatuamunha, até localizar os peixes-boi.........o passeio.......incluindo a trilha........dura aproximadamente duas horas. Na volta a Associação e o artesanato feito de palha, além de souvernirs do personagem principal.


O peixe-boi é um mamífero herbívoro aquático que alcança 4,5 m de comprimento e chega a 500 Kg........ passa a maior parte do seu tempo no mar e vem aos rios, estuários para tomar água doce e procriar.........seu alimento preferido é o capim agulha, encontrado em abundância nos mangues.

O peixe-boi dificilmente se comporta de forma agressiva entre si e vivem quase sempre solitários.........o único relacionamento que se mantém firme por algum tempo na espécie é o que existe entre mãe e filhote.......que dura dois anos. 

Apesar de parecerem tão sós, os peixes-bois em cativeiro..........podem brincar entre si, principalmente usando a boca e o focinho, dando "beijos" ou apenas roçando um no outro, rolando o corpo ou dando abraços com as nadadeiras peitorais.

Vale a pena conferir esse passeio.......caminhar pelo mangue, passear de barco pelas águas calmas do rio, admirar esse incrível animal e contribuir com o projeto que envolve e sustenta famílias ribeirinhas, desenvolvendo e preservando esse magnífico ecossistema.