25 de set de 2011

SÃO MIGUEL DOS MILAGRES


“Como todo grande viajante, Vi mais do que poderia me lembrar e me lembro mais do que poderia ter visto.” (Benjamin Disraeli)


É um dos povoados mais antigos do Estado de Alagoas.................tornou-se Vila em 1864 e em 1960 consegue sua emancipação.


Sua historia pode ser contada através dos traços culturais encontrados na região...........Igrejas, ruínas, antigos engenhos de açúcar e seus casarões do início do século XX..........no folclore, artesanato e na rica culinária representados por seus Frutos do Mar e produtos agrícolas regionais............também já foi líder na produção de cocos.


No alto da cidade.........em seu Cruzeiro-Mirante, pode-se  ter idéia das riquezas naturais e culturais........ representados pela mistura européia, africana e indígena........que se pode ver no povo brasileiro.


A cidade de São Miguel dos Milagres está localizada no litoral norte do Estado de Alagoas.........na Costa dos Corais.........possui um dos litorais mais preservados do Brasil............ é um verdadeiro paraíso ecológico........ marcado por uma grande faixa de mar.......inúmeras praias, banhadas por um mar verde clarinho, morno e sem ondas.........delineada pela areia fina e um extenso coqueiral.


As paisagens de São Miguel dos Milagres vão além das praias.........mangues......lagoas e trilhas ecológicas.........quando a maré atinge seu nível mais baixo........o lugar fica ainda mais especial...........é possível andar quilômetros mar adentro e mergulhar nas belíssimas piscinas naturais..........que formadas na maré baixa revelam um verdadeiro muro de arrecifes e uma enorme diversidade de peixes e corais que podem ser vistos em um passeio de jangada ou
na prática do mergulho livre e autônomo. 


Os passeios de jangada em São Miguel não se restringem apenas ao mar.........o  Rio Tatuamunha é atração conhecida........navegando em suas águas se pode observar os manguezais e enormes peixes-boi. 


A praia mais disputada é a de Porto da Rua..........povoado próximo a sede do município.




Com uma população formada principalmente por pescadores........número de habitantes do censo 2010 em São Miguel dos Milagres é de 7.170........o local conta com bares na orla, várias pousadas e os principais exemplos da arquitetura histórica do período colonial, com destaque para a Igreja Matriz de São Miguel dos Milagres e a Capela de Santo Antônio.

20 de set de 2011

BALNEÁRIO DO BROMA – ESTÂNCIA DE ÁGUA MINERAL EM ALAGOAS




Domingo chuvoso e sem energia elétrica........saímos de manhã da Praia da Pajuçara, em Maceió........sem rumo,  em direção ao litoral sul........ atravessamos  a ponte sobre a Lagoa Mundaú e seguimos  pela Al-101.......na policia rodoviária  entramos na BR e logo depois da ponte......a esquerda, numa  estradinha de chão batido, que margeia a lagoa de Santa Rita.

 Apesar da garoa fina e a estradinha muito esburacada por causa das chuvas........valeu pela paisagem que é linda........na beira da lagoa muito sítios e pousadas........entre a margem da lagoa e a vegetação de mata atlântica.

 Chegamos ao Balneário do Broma.........uma estância hidromineral, em meio a reservas naturais de mata atlântica..........único Balneário do Estado de Alagoas, inserido no calendário turístico da Embratur.


 O Broma é considerado o principal cartão turístico de Alagoas, em se tratando de banho de bica, sobretudo por esbanjar água mineral de nascentes que ficam no entorno de um pedaço de Mata Atlântica.


O Broma existe há 30 anos..........é uma estância hidromineral, em meio a reservas naturais de mata atlântica........pertence ao Motonáutica Lagoa Clube.........o local é formado por um complexo de piscinas e duchas de água mineral, restaurante e bar.


 Vários córregos de água pura da mata atlântica são desviados para este clube popular.........a água é armazenada numa grande piscina revestida por pedras..........todos os dias abrem-se as comportas e a água da piscina é esvaziada recebendo no dia seguinte água mineral novamente.

Por todos os lugares há placas de conscientização sobre a preservação da natureza e recadinhos bem-humorados..........o resultado aparece na limpeza e preservação do ambiente. 

O Balneário do Broma funciona de terça a domingo das 9h às 17h e o ingresso custa R$ 15 por pessoa. e o telefone para contato é (82) 3323 8263.

17 de set de 2011

RECEITAS DE ALAGOAS


A verdadeira arte de viajar...
A gente sempre deve sair à rua como quem foge de casa,
Como se estivessem abertos diante de nós todos os caminhos do mundo.
Não importa que os compromissos, as obrigações, estejam ali...
Chegamos de muito longe, de alma aberta e o coração cantando!
Mario Quintana


 A culinária de Alagoas parece bastante com a de Pernambuco.........-fortes influências indígenas,dos portugueses e dos africanos-...............os índios ensinaram como aproveitar o milho, as raízes e tubérculos e a mandioca.............os portugueses trouxeram o azeite de oliva, o bacalhau, o vinho e as técnicas de preparo de caldos, ensopados e cozidos.......... os africanos indicaram ingredientes, como o coco e a pimenta.

A culinária também se destaca pela variedade dos pratos da comida regional.........carne-de-sol com fava ou feijão verde, feijoada, galinha ao molho pardo, picanha grelhada ou na chapa, pernil, bisteca, frango assado e as nobres carnes de avestruz e de búfalo...........o charque -carne-seca-, feijão, milho, arroz, a farinha de mandioca, a manteiga de garrafa e o queijo de coalho são muito usados...........os peixes também são representantes da culinária alagoana.

O coqueiro está presente em todo o Estado, ornamentando o litoral alagoano do fruto do coco se extrai o leite para realçar o sabor dos pratos à base de frutos do mar e também para o fabrico de doces e cocadas, sobremesas deliciosas da culinária alagoana.


GALINHA DO QUILOMBO
Ingredientes
1 galinha d´Angola cortada em pedaços
Raspas de 1 limão
2 pimentas de cheiro
2 cebolas cortadas
2 xícara leite de coco
3 dentes de alho picados
200g macaxeira
2 bananas em rodelas
Cheiro verde picado e alecrim à gosto
Óleo de coco virgem
 
Modo de Preparo
Temperar a galinha com alho, cebola, pimenta e as raspas de limão
Separar a galinha da marinada e fritar a galinha no óleo de coco
Misturar o caldo da marinada, acrescentar a macaxeira em pedaços e deixar
cozinhar até que esteja macio. Depois colocar as bananas.
No final acrescentar o cheiro verde, o alecrim e o leite de coco. 


CANAPÉ SERTANEJO


Ingredientes
2 berinjelas cortadas em cubinhos
150 g de carne de sol desfiada
30 g de pimentão vermelho
30 g de pimentão verde
30 g de pimentão amarelo
30 g de cebola roxa em tirinhas
2 colheres de sopa de extrato de tomates
4 dentes de alho
Azeite
Sal a gosto

Modo de preparo
Cozinhe a berinjela até ficar bem macia. Escorra e reserve. Refogue o alho e a cebola no azeite, acrescente os pimentões picados em tirinhas, refogue um pouco mais e acrescente a carne de sol já desfiada. Coloque as berinjelas picadas em cubinhos pequenos e o extrato de tomate. Deixe a mistura cozinhar alguns minutos. Retire do fogo e leve à geladeira por uma hora. Sirva com torradas.


SEGREDO DAS CONCHAS


Ingredientes
300 g de carne de siri bem lavado
50 ml de azeite
15 g de alho picado
30 g de cebola roxa picada
30 g de pimentão picado
80 g de parmesão ralado
30 g de tomates picados
10 g de coentro picado
1 limão siciliano
60 ml de extrato de tomates
9 castanhas de caju

Modo de preparo
Aqueça o azeite, acrescente o alho e a cebola e deixe refogar. Coloque os pimentões picados, os tomates e refogue mais um pouco. Acrescente o extrato de tomates e a carne de siri, misture bem e coloque sal e um pouco do suco de limão. Tampe a panela e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando. Desligue o fogo e acrescente as raspas da casca do limão junto com a castanha de caju triturada grosseiramente. Para montagem, coloque a mistura em conchas de vieiras (ou travessas bem pequenas), cubra com queijo parmesão ralado e leve ao forno para gratinar
.

QUENGA DO MAR


Ingredientes
600 g de camarão médio cinza limpo
200 g de macaxeira cozida, mas não ao ponto de desmanchar
50 ml de azeite de oliva
30 g de alho fatiado
80 g de coco fresco ralado
60 ml de manteiga de garrafa
50 g de cebola picada
100 g de pimentão vermelho picado
100 g de pimentão amarelo picado
100 g de tomates maduros picados
200 ml de leite de coco
1 fatia de gengibre
30 ml de azeite de dendê (opcional)
Sal
1 pimenta dedo-de-moça (opcional)
2 colheres de sopa de coentro fresco

Modo de preparo
Descasque a macaxeira e corte em pedaços pequenos. Transfira para uma panela, coloque três pitadas de sal e cubra com água. Leve ao fogo alto e deixe cozinhar até ficar macia.

Numa frigideira, aqueça a manteiga de garrafa, acrescente o alho, o gengibre e refogue até dourar. Adicione os camarões e refogue por 2 minutos, sempre em fogo alto. Reserve.

Em outra panela, coloque o azeite e leve ao fogo médio. Quando aquecer, acrescente a cebola, o pimentão e os tomates. Refogue por cerca de 5 minutos e reserve.

No liquidificador, bata a macaxeira ainda quente, o leite de coco, o azeite de dendê e o refogado de vegetais até obter um creme homogêneo.

Em uma panela grande, coloque o camarão refogado, o creme de macaxeira, o coco ralado e leve ao fogo alto. Quando ferver, tempere com sal e pimenta dedo-de-moça bem picada e sem as sementes. Desligue o fogo e acrescente o coentro. Misture bem e sirva em “quengas de coco” (casa dura e marrom do coco).


JERIMUM ARRETADO


Para fazer a carne de sol com filé mignon
Compre uma peça de filé mignon e passe sal fino em toda a sua superfície. Não precisa ficar uma crosta, mas tem que passar por toda a carne. Em seguida, leve à geladeira e deixe por 4 horas. Retire da geladeira e veja se a carne tem um aspecto amarronzado. Se ainda tiver partes vermelhas, espalhe mais um pouco de sal fino nessas partes. Volte à geladeira por mais 24 horas.
Depois, envolva em um filme e leve ao congelador por pelo menos 5 dias.
Retire então do congelador, coloque a carne em uma bacia com água e esfregue um pouco. Deixe na água por meia hora.

Se você for usar qualquer outro tipo de carne, que não seja o filé mignon, você tem que trocar a água por três vezes e, em cada uma delas, deixar a carne de molho por meia hora. Com o filé mignon, basta uma vez. Espere a carne descongelar e estará pronta para ser usada.

Ingredientes
Para o molho:
1 abóbora pequena (1,3 kg) – moranga
600 ml de leite integral
½ xícara de farinha de trigo
½ xícara de manteiga derretida
½ cebola bem picada
150 g de queijo coalho
80 g de parmesão ralado
200 ml de creme de leite fresco
30 ml de cachaça
150 g de abóbora cortada em cubos e cozida (sem casca)
400 g de carne de sol de filé mignon cortada em tirinhas
4 colheres de sopa de manteiga de garrafa aromatizada com ervas
Modo de preparo

Abóbora
Com uma faca faça uma abertura na parte superior da abóbora (moranga) e com uma colher retire as sementes. Cozinhe por 20 minutos em uma panela com água ou leve ao forno por 30 minutos a 200º C coberta com papel alumínio. Reserve.

Molho
Passe no liquidificador o queijo coalho e a abóbora com 200 ml de leite. Reserve.
Levar ao fogo baixo a manteiga e em seguida a cebola deixando suar e ficar transparente. Acrescente a farinha aos poucos e mexa com ou fouet por 2 minutos até que adquira uma coloração marrom clara. Acrescente os 400 ml de leite mexendo sempre. Em seguida, acrescente a pasta que foi feita no liquidificador e mexa por mais 3 minutos. Acrescente o queijo parmesão.

Carne
Aquecer a manteiga da garrafa e em seguida acrescentar a carne de sol mexendo sempre até ficar ao ponto. Flambe com a cachaça.
Junte a carne ao molho preparado e coloque dentro da abóbora. Sirva em seguida.

CARTOLINHA

Ingredientes para 2 pessoas
1 banana madura
30 g de manteiga
80 g de queijo manteiga (ou requeijão do Norte)
40 ml de mel de abelhas
30 ml de mel de engenho
10 g de açúcar mascavo
10 g de açúcar refinado
1 colher de canela em pó

Modo de preparo
Descasque e corte a banana em fatias de 2 cm. Aqueça a manteiga numa frigideira e frite as bananas dos dois lados. Depois de bem fritinhas, coloque em um prato e nessa mesma frigideira derreta o queijo manteiga. Misture os dois tipos de açúcar com a canela, espalhe por cima da banana, coloque por cima o queijo derretido e finalize decorando com o mel de abelhas, o mel de engenho e a canela em pau. Sirva.



15 de set de 2011

LONDRINA


 “Limitados ficam em casa porque querem. Só os curiosos é que viajam ou querem viajar”................ “O mundo é um livro e aqueles que não viajam leem apenas uma página deste livro” Santo Agostinho





Londrina, no norte do Paraná, surgiu em 1929, como primeiro posto avançado de um projeto inglês..........seu nome foi uma homenagem prestada a Londres – “pequena Londres”
.













Após uma década de fundação  inicio–se o fortalecimento da estrutura comercial de Londrina......... muitas empresas paulistas se instalaram na região - alimentícia, armarinhos, atacadistas-..............o setor industrial trabalhava apenas com a matéria prima regional........maquinas de café e cereais.


No final dos anos 40 foram implantadas as galerias pluviais.........construção de escolas...........elaboração do plano urbanístico............Londrina, já nos anos 50, emergia no cenário nacional como importante cidade do interior do Brasil.........se consolidou como Pólo Regional de bens e serviços.........a população de Londrina hoje, está estimada em 520 mil habitantes -censo 2010.

Maior cidade do norte do Paraná.........moderna e em constante desenvolvimento a cidade atrai investimentos nas áreas industrial, comercial e de serviços...........a cidade é agitada em movimentações culturais e conta com o já tradicional Festival Internacional de Teatro........vários museus........orquestra de câmara........cinemas, etc..........Londrina conta com 7.711.227,31 m² de área verde..........quase o dobro de área verde recomendado pela ONU.........e mais de 250 praças públicas.




Entre as áreas verdes do Município destacam-se o Lago Igapó......o Lago foi projetado em 1957, com projeto paisagístico de Burle Marx............um jardim com 187 espécies de plantas nativas.








Entre as áreas de lazer estão...........a Área de Lazer Luigi Borghesi....... conhecida por Zerão.......em função do formato da sua pista de cooper parecer o de um grande zero........possui um grande gramado.........quadras de esportes e playground..............,anfiteatro com capacidade para 15.000 pessoas..........no Zerão são realizadas manifestações artísticas, culturais e esportivas da comunidade.......Projeto Brisa..........apresentações do Festival Internacional de Londrina -festival de teatro-...........apresentações do Festival de Música de Londrina e diversos campeonatos de ginástica aeróbica.

O Parque Estadual Mata dos Godoy...........reserva de mata nativa que reúne diversas espécies animais e vegetais,tanto tropicais como subtropicais...........dispõe de centro de visitantes e realiza visitas monitoraras através de trilhas onde são dadas explicações sobre as espécies da flora da região e sobre o processo de recuperação da cobertura florestal.

O Parque Arthur Thomas........floresta urbana localizada nas proximidades da região central de Londrina....... possui uma área total de 85,47 hectares, onde antes estava instalada a primeira usina hidroelétrica da cidade e conta com variadas espécies animais e vegetais.




O Parque Ecológico Dr. Daisaku Ikeda – é uma unidade de conservação criada em 1999 na área da antiga Usina Três Bocas e o Salto do Apucaraninha -queda d'água localizada numa reserva indígena ao sul de Londrina.

Londrina abriga ainda o Museu Histórico de Londrina............localizado no centro da cidade........ocupa o prédio da antiga estação ferroviária da cidade e o Museu de Arte de Londrina.............o prédio que abriga este museu fica na região central de Londrina e é tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico.

Alem dos parques, Londrina tem muitos outros lugares e eventos que podem ser explorados o ano inteiro.

O Autódromo Internacional Ayrton Senna - abriga a etapa do circuito nacional da Copa Nextel daStock Car Brasil e a Fórmula Truck e o Estádio do Café – com capacidade para mais de 40 mil pessoas, já sediou o pré-olímpico.

Festival Demo Sul - festival anual de música independente de Londrina-.........Londrina Jazz Festival........Londrina Matsuri - evento japonês em comemoração à chegada da primavera-.............Metamorfose - festa a fantasia.


Páscoa das Nações - evento onde se é escolhida uma nacionalidade a se homenagear entre as várias que povoaram a cidade-...........é realizado pela Comunidade Nova Aliança de Londrina.

Planetário de Londrina ..........utilizado principalmente para explicações sobre astronomia e o Terminal Rodoviário de Londrina - projetado por Oscar Niemeyer.


Londrina é uma cidade linda..........com ruas e avenidas largas e arborizadas que ajuda a  amenizar o calor do verão....cidade grande, mas que continua a manter o jeito das pequenas cidades do interior.


6 de set de 2011

ROMARIA DOS DESVALIDOS DA GOL



Saímos de casa, em Maceió .........as 23h e 30 min da sexta a noite em direção ao Aeroporto Zumbi dos Palmares.............embarque pela GOL as 0h e 45 min.......para Londrina com conexão no Rio as 4h e 20 min............escala em São Paulo e chegada em Londrina prevista para as 7 e 50h do sábado.



Até o Rio tudo certo..........desembarcamos no Rio no Aeroporto do Galeão as 4 horas da manhã e fomos até a sala de embarque esperar a conexão..........o painel mostrava despacho aberto,  mas foi passando a hora e nada de abrir.........no final........já as 5 horas da manhã o painel mostra.......vôo cancelado para Londrina.


Os passageiros que iam descer em São Paulo foram remanejados para outro vôo que estava saído.........mas 11 passageiros que iam ate Londrina ficaram de fora, inclusive nós.......depois de muita conversa, pediram para que retirássemos  a bagagem.............eles iriam nos colocar em outro vôo......ainda bem que desta vez viemos só com uma mala...........pegamos a mala e nos juntamos ao grupo a espera das instruções da funcionaria da GOL.


Fizemos um pequeno passeio dentro do aeroporto........malas......sacolinhas e sacolonas ......com tudo isso subimos e descemos em escadas rolantes.......para tomarmos café por conta da GOL, é claro, enquanto esperávamos a empresa nos arrumar vôos.......café da manha muito bom....sucos...frutas....pães.....para falar a verdade, café de hotel.


Uma meia hora depois a funcionaria retornou e nos disse que íamos ser colocados em um vôo da TAM e nos mandou ao guichê da TAM do outro lado do aeroporto.......uma viagem por um corredor enorme com 3 esteiras rolantes......ainda bem......


Nos guichês da TAM ninguém ainda sabia de nada sobre nós...........esperamos em pé .......fomos atrás da funcionaria da GOL .........perguntamos para funcionarias da TAM e nada.....depois de um tempo nos chamaram e emitiram nossas passagens pela TAM.....vôo 8h e 45min destino Curitiba e  13 e 08 destino Londrina.


Ainda bem que o grupo não estava estressado......resolvemos voltar todo o corredor com as esteiras rolantes e ir no guichê da GOL pleitear o nosso almoço em Curitiba........a informação que tivemos foi que em Curitiba  deveríamos ir ao guichê pegar os vale para refeição.

Em Curitiba, saímos da sala de embarque e fomos pegar os vales e comer........cada um recebeu um vale de 25 reais nominal e lá fomos nós na lanchonete indicada.

O vôo para Curitiba previsto para as 13h e 8min, saiu as 14 horas.........chegamos em Londrina as 14h e 40min........aeroporto lotado.......nosso filho nos esperava e fomos nós viajar só mais um pouquinho........agora de carro até Assis –SP.........depois de tudo isso .........chegamos em Assis quase as 17 horas ....quando o previsto seria 10 horas da manhã.


Canseira a parte.........até que nos divertimos...........é muito bom quando encontramos em nosso caminho pessoas de bem com a vida.......as coisas se tornam menos estressantes.......e se resolvem mais facilmente.........e no final tivemos sorte.........chegamos no sábado mesmo quando poderia ter sido tudo mais complicado.